sábado, 29 de novembro de 2008

Mudou de Novo

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

São 10 e 10


Você já deve ter percebido que em todas as propagandas de relógios eles aparecem marcando 10 horas e 10 minutos, este fato se deve pela simetria dos ponteiros, eles formam um boca sorrindo que é o contrário de quando os ponteiros marcam 8 horas e 20 minutos e formam uma boca triste.

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Uma Claúdia de Parnaíba


Era uma vez um agrônomo belga que escapou da guerra de independência do Congo e decidiu morar na Etiópia. Lá, conheceu uma indiana, de uma família católica de Goa. Foi paixão à primeira vista. Tiveram quatro filhos: Anthony, Brigitte, Claudia e Doreen. A guerra civil, na década de 70, acabou com a ótima vida que levavam. Fugiram sem nada. Quando a família chegou a Petrolina, no agreste de Pernambuco, onde o pai foi trabalhar em um projeto de irrigação, Claudia tinha 10 anos. Da vida de princesa em Adis- Abeba, restou um tutor, uma exigente escola francesa por correspondência e uma rotina isolada, alheia às agruras do sertão em volta. "Me sentia estrangeira, diferente." Mas ela e os irmãos queriam se integrar, estudar em uma escola de verdade. O jeito foi mudarem para a capital, com a mãe, enquanto o pai permanecia no interior. Claudia se formou em engenharia eletrônica, fincou raízes, conheceu Fernando, casou-se.

Até que uma tragédia fez girar a roda do destino mais uma vez. Assaltantes invadiram a casa de Petrolina e assassinaram seu pai. Revoltados com a violência no país, Claudia e Fernando resolveram morar em Miami, onde abriram uma filial da loja de eletrônicos que tinham em Recife. Viveram seis anos nos Estados Unidos e lá tiveram seus três filhos, Gabriel, 8 anos, Lucas, 6, e Alec, 3. Claudia pôde também realizar seu grande sonho: começou a fazer mestrado em educação pelo método montessoriano para se tornar professora. Era a resposta que procurava para criar os filhos. "Quero educá-los de um jeito menos rígido do que aquele como fui educada. E o método montessoriano é, na verdade, uma filosofia: ouve a criança, deixa que se expresse e dá a ela o poder das escolhas."

Nessa tarde quente na escola montessoriana ArcoÍris, na tranqüila Parnaíba, 360 quilômetros ao norte de Teresina, onde seus filhos também estudam, Claudia, 39 anos, acaba de dar aula de matemática. Em frente à sala, um cajueiro centenário solta frutos no chão, perfumando o ambiente. No pátio sombreado, enquanto as crianças brincam no recreio, Claudia fala por que encontrou ali a tão sonhada paz: "Nos Estados Unidos, a gente tinha do bom e do melhor. Mas viver naquela sociedade obcecada pelos valores materiais me incomodava. Em Parnaíba, estão meus sogros, o sagrado convívio com a família, o sossego. O dinheiro é curto, mas fui uma criança que perdeu tudo na guerra. Não tenho medo".

Da mãe herdou a pele cor de azeitona, os cabelos negros e lisos, o nariz aquilino e os olhos escuros e fundos. Parece mais indiana ainda com as pulseiras típicas nos tornozelos e os anéis nos dedos dos pés. Só falta o sári, em lugar do jeans e da camiseta, uniforme da escola. Da mãe também veio o espírito de independência e a dedicação ao bem-estar dos filhos. "Ela enfrentou a família e jurou que só se casaria com um estrangeiro, porque não admitia que alguém tivesse que pagar um dote pela sua mão, uma tradição na Índia. E dedicou a sua vida a nos educar. Quero fazer a mesma coisa. Meus filhos norteiam as minhas escolhas."

Fonte:
http://claudia.abril.uol.com.br

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Não Há Nada Igual

 
O menor litoral do país abriga um dos lugares mais bonitos e, por que não dizer, vazios do Brasil. Quem visita o Delta do Parnaíba, na costa do Piauí, percebe que os 66 quilômetros de orla não deixam nada a desejar ao resto do Nordeste brasileiro. Quem vai para Jericoacoara, no Ceará, ou São Luís, no Maranhão, não pode perder a chance de esticar até esse paraíso perdido. É o que diz o paulista Peco Porto, de 33 anos, diretor de criação e planejamento da Motivare. “O barato do lugar é o passeio de barco pelo Rio Parnaíba.” E não se trata só de um rio de águas calmas.

O riquíssimo ecossistema se mostra na forma de dunas, mangues, lagoas e igarapés. Apesar de exigir um certo condicionamento físico, não deixe de subir o Paredão do Morro Branco, em uma das paradas do passeio. “É um pouco cansativo, mas vale a pena, pois a visão do delta é incrível”, diz Peco, que acaba de voltar de lá. É bom se programar para fazer o passeio aos sábados, pois durante a semana só é possível alugar uma lancha, que custa, em média, 200 reais. Também não deixe de experimentar o sorvete de bacuri, fruta típica da região.

Fonte:
Amanda Salim
http://vocesa.abril.com.br

O Carro Mais Baixo do Mundo




É o Flat-Mobile, ele tem 48,26 centimetros de altura

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

domingo, 16 de novembro de 2008

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Piauí, Este Desconhecido





Em 1969 Nelson Rodrigues escreveu: “passei 40 anos sem me lembrar do Piauí”. Hoje, é bem capaz que aqueles que conhecem suas crônicas ainda não saibam muito sobre o estado com o menor litoral do Brasil e potencial turístico tão vasto quanto o caju e tamarindo que por lá brotam.
Os lençóis Maranhenses têm uma extensão no Piauí, assim como as dunas de Jericoacoara, no Ceará, que também “invadem” o oeste do estado. Estes destinos dos estados vizinhos são muito visitados por turistas. O que falta conhecer é o Piauí de perto, sua capital e sua natureza. A visita vale a pena, a começar pelos parques nacionais. Sete Cidades é uma reserva localizada a 200 quilômetros da capital Teresina, formada por estranhas formações de pedra, dignas de cenário de filme alienígena. Lá, como no resto do Piauí, o calor é intenso. Ninguém deve viajar à terra do caju esperando temperaturas abaixo de 35 graus. Por isso, o ideal é visitar o parque pela manhã e contratar um guia – oferecido no local - para conhecer todas as formações de rochas, conhecidas como “cidades”. A entrada é R$ 3 por pessoa.
O parque de Sete Cidades encanta, mas só até a hora em que o turista chega à Serra da Capivara. A partir daí, só haverá olhos para a concentração dos inúmeros exemplos de pinturas rupestres. São 130 mil hectares de história registrada nas rochas, com Teresina no centro, que atraem turistas e impulsionam a economia nos períodos de seca. A capital, Teresina, pode ser desconhecida, mas não é pequena. Cerca de um milhão de pessoas moram por lá e dividem espaço com hotéis de alto padrão, como o Luxor Piauí (a partir de R$ 126 a diária) e o Rio Poty (a partir de R$ 134). Em Teresina é possível passear de barco pelo rio Parnaíba e ver a escultura do Cabeça de Cuia, lendário formador do estado. O mito diz que ele vive no rio e se alimenta de virgens a cada sete anos.
Ainda pelo rio, o Delta do Parnaíba está entre as belezas turísticas que garantem um pouco de fama para o Piauí. Trata-se da foz do rio que em um ponto ficou mais larga e formou diversos canais e mais de 70 ilhas e dunas com piscinas naturais, que terminam no Atlântico.
O litoral piauiense é minúsculo, mas impressionante. Com apenas 66 quilômetros de extensão, as praias do estado são distribuídas da foz do Parnaíba até a fronteira com o Ceará. A praia Pedra do Sal é o cantinho mais famoso, e possui rochas dividindo-a no meio. Uma parte tem águas calmas e outra águas agitadas, próprias para os surfistas.
E se mesmo depois de conhecer tudo isso o turista quiser algo mais, este ano o Ministério do Turismo lançou a “Rota das emoções”. O nome não é só fachada não: são três destinos em um único roteiro, envolvendo aventura, praia e ecoturismo, e junta o Delta do Parnaíba, os Lençóis Maranhenses e Jericoacoara (no Ceará) em um só passeio. Agências como a Casa do Turismo oferecem o roteiro de dois dias e uma noite por R$ 1,2 mil, com traslado, passeios e hospedagem.
Delta do Parnaíba e Jericoacora: o ponto de partida e o fim da rota das emoçõesEste roteiro integrador de regiões junto com as atrações naturais do Piauí só contribui para que o destino seja incluído nos roteiros de quem passeia pelo nordeste. Nelson Rodrigues também escreveu que o estado “é tão só como um radinho de pilha”. Isso foi no século XX. Os tempos são outros, o Piauí também.

Fonte:

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Tutorial do Gmail

Em abril de 2004, a Google começou a oferecer seu serviço de mensagens eletrônicas para convidados (o Gmail se tornou aberto ao público geral somente em 2007). Desde então, os padrões e as funcionalidades de uma conta de email foram drasticamente modificados e foi determinado um novo padrão de qualidade.

Quando começou, o Gmail oferecia 1 GB de armazenamento para os usuários. Hoje, você tem uma capacidade de mais de 7 GB. Capacidade esta que está aumentando a cada dia. Isso é para os usuários gratuitos. Com 500 dólares por ano, por exemplo, você praticamente ganha um disco rígido externo de capacidade de 400 GB.

O Gmail ficou rapidamente popular graças à sua interface agradável, aos recursos de busca e gerenciamento de mensagens, pela disposição das mensagens como conversas e muitos, muitos outros recursos. Neste tutorial, você vai aprender a usar alguns deles.

Interface

Ao acessar sua conta, o que você visualiza é sua caixa de entrada, à direita.

Uma caixa de entrada com visual padrão, mas com brilhantes funcionalidades.

À esquerda, fica o menu para navegação com recursos típicos de uma conta de email: emails enviados, rascunhos, spam e lixeira, por exemplo. Também se encontram serviços exclusivos do Gmail, como mensagens marcadas com estrelas e organização de seus contatos.

Aqui, o Gmail começa a se diferenciar.

Logo abaixo deste menu, fica a tela de bate-papo, o qual lhe permite conversar com seus contatos do Google Talk sem a necessidade de ter o programa instalado.Abaixo do bate-papo, fica a tela de marcadores (função que será explicada em detalhes mais adiante). Para concluir este menu, há um pequeno campo para que você convide outros usuários para usar o Gmail.

Bate-papo, marcadores e convites. Tudo será explicado.

Na parte mais superior da tela, você encontra links para fácil utilização de outros serviços da Google, como Orkut, Agenda, Docs, Fotos, Grupos e mais. Um pouco mais abaixo, há o recurso de busca, um grande diferencial do Gmail.

Serviços do Google e recurso de pesquisa.

O básico

Vamos começar pelo básico: ler e enviar mensagens. Ao clicar sobre uma mensagem, uma nova tela será exibida. Nela você verá, nesta ordem: nome do remetente, destinatários, opção para responder e o corpo da mensagem.

O cabeçalho básico de uma imagem.

Para saber mais informações, clique em “mostrar detalhes”. Você poderá ver o endereço do remetente, a data de envio e o assunto em um cabeçalho.

O cabeçalho estendido pelo botão

À direita, você verá o botão “responder”. Porém, não é somente isso que este botão faz. Clicando sobre a flecha ao lado dele, você pode fazer muito mais: responder a todos (quando a mensagem é enviada para mais de um destinatário), encaminhar, filtrar mensagens deste contexto (com base em critérios escolhidos por você), imprimir, excluir (ou excluir somente a mensagem em questão no meio de uma conversa), denunciar como phishing, mostrar conteúdo original da mensagem (isso serve para mensagens encaminhadas que podem ter sido alteradas) e exibir texto truncado (ou seja, aquele texto omitido por muitos serviços quando a mensagem é enviada para mais de um destinatário).

Faça além de responder.

Clicando em responder, um novo corpo de mensagem é aberto. O endereço do remetente já estará determinado, mas você poderá adicionar outros. É possível apagar o conteúdo da mensagem original, assim como editá-lo. Clique em “Enviar” para enviar a mensagem, “Salvar agora” para salvá-la como rascunho ou em “Descartar” para cancelar tudo e não enviar nada.

O procedimento para encaminhamento de mensagens é semelhante.

Respondendo mensagens muito facilmente.

Ao clicar em “Filtrar mensagens assim”, você pode utilizar a mensagem em questão como exemplo para o Gmail barrar mensagens indesejadas. Primeiro você escolhe os critérios que o Gmail deve utilizar. São cinco critérios que você pode utilizar: barrar mensagens a partir do endereço do remetente ou do destinatário, do assunto, que tenham palavras específicas ou que não as tenham.

Em seguida, o Gmail vai testar os filtros que você determinou para que ele não cometa nenhum engano.

Use uma mensagem como exemplo para barrar outras.

Escrevendo uma mensagem

Clique em “Escrever mensagem” para começar. No campo “De”, você escolhe qual endereço deve ser utilizado para o envio da mensagem. Isto é possível porque o Gmail permite que você associe outros endereços a ele. Você vai aprender a fazer isso mais para frente.

No campo “Para”, escreva o endereço do destinatário. Caso ele esteja em sua lista de contatos, basta escrever as primeiras letras do nome dele para que o Gmail retorne o provável destinatário que você busca.

Clicando em “Adicionar Cc”, você adiciona endereços para que eles recebam uma cópia da mensagem. Clicando em “Adicionar Cco”, esta cópia é oculta, ou seja, o destinatário principal não é informado de que outras pessoas também receberam a mensagem. Se você clicar em nessas opções, mas deixar os respectivos campos em branco, não se preocupe nada de errado vai acontecer.

Em assunto, digite o tema da mensagem. Vai uma dica: se o destinatário não te conhece, evite usar assuntos muito gerais, pois eles podem ser considerados spam ou vírus.

Começando a escrever uma mensagem.

Clique em “Anexar um arquivo” para fazer justamente isso. Basta clicar em “Arquivo” para indicar a localização dele. Vá clicando em “Adicionar outro arquivo” para adicionar quantos você quiser. Clique em “remover” para tirá-lo da lista.

Anexando quantos arquivos forem necessários.

Para escrever o texto do corpo da mensagem, o Gmail oferece alguns recursos de edição, como texto em negrito, itálico e sublinhado, além da possibilidade de você escolher tipo, tamanho e cor da fonte.
Também é possível destacar texto e inserir emoticons e link, além de adicionar marcadores e alinhar o texto como você quiser. Para deixar o texto sem nenhuma formatação, basta clicar em “Texto sem formatação”. Caso esta barra de formatação não esteja disponível, basta clicar em "Formatação em Rich Text".

Formatando o texto para enviar.

Depois que você escrever a mensagem, é altamente recomendável que você utilize o corretor gramatical. Ele está disponível em vários idiomas e é muito fácil de usar. Basta clicar sobre “Verificar ortografia”. Ele vai verificar o texto baseado no idioma padrão que você utiliza no email. Para alterar este idioma, basta clicar sobre a pequena flecha ao lado de “Verificar ortografia”.

O corretor vai identificar os erros e apontá-los destacados de vermelho ou amarelo. Clique sobre uma palavra identificada e escolha um substituto para ela, ou então ignore este erro.

Corrigindo erros gramaticais.

O Gmail salva rascunhos automaticamente. À medida que você vai escrevendo, a mensagem vai sendo salva para evitar que você a perca e para possibilitar que você continue a escrevê-la posteriormente. No entanto, basta clicar em “Salvar agora...” para salvar um rascunho manualmente. Clique em “Enviar” para mandar a mensagem ou em “Descartar” para cancelar tudo.

Envie, salve ou descarte a mensagem.

Mais ações

Repare que, na sua caixa de entrada, há o botão “Mais ações”. Marcando uma mensagem e clicando nesta caixa, você pode marcar tal mensagem como lida, marcar como não lida, marcar como estrela (recurso que já vamos explicar) ou remover a estrela, filtrar mensagens semelhantes, ignorar e remover ou adicionar marcador.

Mais ações para suas mensagens.

Pesquisa

Uma das melhores sacadas do Gmail é o recurso de busca da Google aplicado dentro do seu email. Aqui, você pode digitar uma palavra-chave para buscar mensagens nesse contexto em seu email. Este é um ótimo recurso para você “pinçar” uma mensagem específica em meio a tantas conversas. Basta digitar o que você deseja e clicar em “Procurar e-mail”. Para pesquisar na internet, basta clicar em “Pesquisar na internet”.

O termo pesquisado e os resultados retornados.

Estrelas

O recurso de estrelas do Gmail é como o recurso de favoritos de um navegador. Você marca uma mensagem com estrela e ela fará parte de uma lista especial, acessada através do menu principal do Gmail.

Para marcar uma mensagem ou conversa com estrela, basta clicar sobre a estrela que fica à esquerda do remetente. Perceba que a estrela vai ficar amarela e disponível no menu “Com estrela”. Para remover uma mensagem desta lista, basta clicar novamente sobre a estrela, de maneira que ela não fique colorida.

Estrelas: o recurso de favoritos do Gmail.

Marcadores

Os marcadores lhe permitem marcar mensagens para identificar um grupo de mensagens mais facilmente. É possível identificar uma conta externa de email, um destinatário específico, uma conversa específica, etc.

Imagine que você pode categorizar todas suas mensagens, dividindo-as, por exemplo, em “Parentes”, “Amigos”, “Trabalho”, etc. Basta identificar uma mensagem uma vez para que todas as mensagens seguintes do remetente sejam identificadas.

Há duas maneiras principais para criar um marcador. Ao receber uma mensagem, clique em “Mais ações”. Em seguida, clique em “Novo marcador”. Basta dar nome ao marcador para que as mensagens deste remetente sejam identificadas por ele. Depois que um marcador é criado, basta clicar em “Mais ações” e clicar sobre o nome do marcador já criado.

Usando outras contas no Gmail

O Gmail tem um assistente fácil para que você possa receber mensagens de outras contas de email em um único endereço. Estas contas podem ser tanto do Gmail como de outros servidores.

Para adicionar uma outra conta de email à sua conta do Gmail, clique em “Configurações”. Em “Contas”, na seção “Receber mensagens de outras contas”, clique em “Adicionar outra conta de e-mail”. Para começar, digite o endereço de email desejado. Na tela seguinte, forneça sua senha e defina algumas configurações como manter ou não as mensagens no servidor original, usar conexão segura, marcar as mensagens recebidas e arquivar as mensagens recebidas. Clique em “Adicionar conta”.

Automaticamente, o Gmail vai buscar e testar as informações de servidores e portas para o recebimento das mensagens, mas nem sempre a conexão pode ser estabelecida. Teste o Gmail e, no caso de erro, busque essas informações com o seu provedor e repita o procedimento se for necessário.

Por hoje, vamos ficando por aqui. Mas fique ligado neste guia, pois ele será completo nos próximos dias para que você aproveite tudo que o Gmail tem para oferecer.

Fonte:

http://baixaki.com.br

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Ele é "O Cara"



                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                        

 
Visitantes Online visitor stats PageRank googlecff2660fbc4d953a.html